quarta-feira, 2 de abril de 2014

Persona Nagem

o fumo, lembranças evaporadas, eleva-se
pelo quarto, soberba agonia, e de mãos dadas,
desfaz-se personagem, reza persona,
e celebra mais um dia.

e chora, porque sorrisos já não são precisos.